Cartão sensual

Cartão sensual
Lucas Munhoz

A vida da sensualidade

Sou um bom poeta da sensualidade em belos versos de poesia sensual, sou apaixonado pelo Sensualismo e amo os poemas sensuais!!! Bom blog!

Os poemas mais lindos

Poemas sensuais do Lucas Munhoz

quinta-feira, 31 de março de 2011























O namoro sem amizade

Ai! Quem não ama o poeta amado? Só a amizade?
O que a amiga não sente? O que o amor não vive?
Sim, a traição é um fel do amor perdido, em saudade
Fui triste! sendo o Amor eterno em que eu tive!

O que o anjinho não ama? O que há a fraca bondade?
Morre o poeta de amor. Há o amor que mantive?
Ser traidor é tão ruim, quem há a maldade!
O amor é mui lindo, em que o anjinho revive.

Quem a amiga é uma alma amigável e serena?
Ah! Quem sentes o grande anjinho sem namoro!
Da amizade? E o amor que sente o doce poeta?

Quem ama o anjinho de fulgor essa açucena?
Do coração? E o menino anjo que sente o choro?
Perdoa-me! Sinto-me a alma fraca e incompleta!

Autor:Lucas Munhoz

Nenhum comentário:

Postar um comentário