Cartão sensual

Cartão sensual
Lucas Munhoz

A vida da sensualidade

Sou um bom poeta da sensualidade em belos versos de poesia sensual, sou apaixonado pelo Sensualismo e amo os poemas sensuais!!! Bom blog!

Os poemas mais lindos

Poemas sensuais do Lucas Munhoz

quarta-feira, 30 de março de 2011



Poemeto sensual (A Julieta nua e dengosa)

V

Nua, vejo-te o corpo da intimidade
Volta a perna sensualmente em tesão,
Pois a atadura preta, como a vulção
Como os seios quentes, em teu umidade.

A Julieta malvada e nua em casa,
O dulçor, faze o gozo da lúxuria
O corpo excitante, arfá-lo a volúpia.
O pêlo úmido, só o corpo da brasa.

És tão dengosa, ó Julieta bandida
Fazê-la a tua carne mui pervertida.

Autor:Lucas Munhoz

Nenhum comentário:

Postar um comentário